Privacy Policy

REGGIA DI CASERTA

Reggia di Caserta (Palácio Real de Caserta) é um palácio barroco situado em Caserta, na região italiana da Campania. O edifício foi encomendado pelo rei Carlos VII para servir de centro administrativo e cortesão do novo Reino de Nápoles, ao mesmo tempo que simbolizava o poder real. O monarca quis dotar a Dinastia Borbon-Duas Sicílias de uma residência à altura do Palácio de Versailles.

arquitecto eleito foi Luigi Vanvitelli, em cuja obra predominava o barroco nacionalista, muito próximo do Neoclassicismo. Vanvitelli também tomou a seu cargo o desenho do parque e dos jardins, além de dirigir as obras do palácio.

Não obstante, Carlos jamais viu o seu projeto finalizado, pois teve que partir de Napoli para ocupar o trono espanhol por morte do seu irmão, Fernando VI de Espanha. O palácio serviu de residência de Verão para o seu filho Fernando I e dos restantes monarcas do Reino das Duas Sicílias até à incorporação deste ao Reino de Itália.

O rei Vítor Emanuel III da Itália doou o palácio ao povo italiano em 1919. O edifício, em conjunto com os jardins e o complexo arquitectónico de São Leucio, foram declarados Património da Humanidade pela UNESCO em 1997. Atualmente é um museu aberto ao público.